Um filme que conta o outro lado da história de Star Wars, revelando que o sentimento humano podem “SIM” fazer a diferença quando o propósito é maior, os valores em conflito e a força humana mostrando a sua importância. Rogue One: Uma História Star Wars, chega com uma nova perspectiva do universo criado por George Lucas, criador da franquia original, respondendo algumas lacunas deixadas nos clássicos (Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança, Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca e Star Wars Episódio VI: O Retorno do Jedi). Sendo a cereja do sorvete com o seu brilho e perfeição.

A história da família Erso e a “Estrela da Morte” são os pontos principais de Rogue One, trazendo Galen Erso, interpretado por Mads Mikkelsen (Doutor Estranho, Hannibal) como o grande mentor do plano mais esperado pelo Império criado por um ser humano, com seu ideal abalado e o medo pela família em um sacrifício do amor de uma forma mais realista e ao mesmo tempo seguindo fielmente suas ideias originais. Mesmo não sendo um Jedi, existe uma “Força em você” que pode ser mais forte que qualquer ordem, medo ou até mesmo dúvida que um ser humano pode sentir com o seu lado negro, Rogue One mostra que ainda com o ideal sendo o “certo” as situações erradas e complicadas existem em todos os lados de uma guerra buscando o sofrimento, criando sacrifícios em inocentes e transformando crianças em guerreiros.

O novo longa conseguiu seguir o ritmo dos demais clássicos com homenagens sutis sendo destacadas por sua trilha sonora, buscando detalhes nos cenários e nas cenas continuadas. Para um fã de Star Wars, ele vem tirando lagrimas e sentimentos que só um completo apaixonado pode descrever, mas se você nuca viu e tem medo de não entender nada. Cuidado! Se prepare, pois, esse filme pode mudar a sua visão do espaço e do mundo “Wars”, capturando aqueles que não estão nessa guerra e fazendo você escolher o seu lado da força.

OBS: Desculpa mesmo não falar sobre a Jyn Erso interpretada por Felicity Jones (A Teoria de Tudo), juro que se começar a descrever o que acontece, vou acabar soltando spoilers, não quero mesmo, não, não, não….

No primeiro filme derivado da franquia Star Wars, guerreiros rebeldes partem em missão para roubar os planos da Estrela da Morte e trazer nova esperança para a galáxia.

Rogue One: Uma História Star Wars estréia nos cinemas dia 14/12/2016